A reflexividade da ‘realidade’: itinerários para uma aprendizagem pelo projeto.

  • N. Miguel Seabra Faculdade de Arquitectura e Artes, Universidade Lusíada de Lisboa.

Resumo

O reconhecimento, nacional e internacional, de uma práxis de arquitectura contemporânea em Portugal – dita de ‘periférica’ e de ‘resistente’ – revela a oportunidade de clarificar um pensamento projectual singular. Trata-se de um pensamento alicerçado numa relação íntima com a ‘realidade’– ‘cultural’ e ‘física’ – que estabelece um diálogo reflexivo com as suas especificidades.

Com o intuito de avaliar a permanência, e a subsequente transmissibilidade, deste pensamento projectual na particularidade do ensino da arquitectura, há que reconhecer de que modo aquela práxis se manifesta. Confrontando-a, intentar-se-á, por um lado, circunscrever a competência operativa da ‘realidade’ no tempo do processo de projecto, e, por outro lado, deslindar o domínio instrumental subjacente ao processo projectual potenciado por essa práxis de arquitectura.

No âmbito do tema ‘Investigação em Projecto’, interessa, assim, discernir, como hipótese de trabalho, sobre o impacto, e suas consequências, deste modo de fazer projecto na aprendizagem da arquitectura na contemporaneidade portuguesa.

Pretende-se, deste modo, contribuir para o fixar de uma possível ‘identidade projectual’ reconhecível, capaz de perspectivar e de apontar caminhos possíveis para o ensino pelo projecto.

 

The reflexiveness of ‘reality’: itineraries for learning through the design process.

The national and international recognition of a Portuguese contemporary architectural praxis – described as ‘peripheral’ and ‘resistant’ –, unlocks the chance to clarify a singular architectural design process. This process is grounded in an intimate relationship with the specificities of reality – both ‘cultural’ and ‘physical’ –, established through a reflexive dialog.

Aiming the evaluation of this design framework permanence and subsequent transferability in architectural teaching, it has to be recognized how this architectural praxis manifests itself.

Confronting it, one will try to circumscribe reality’s operative proficiency in the design process, and also to define the design process’ instrumental apparatus excelled by this architectural praxis.

As a work hypothesis, it is important to discern about this design thought’s impact and consequences in the architectural learning process, regarding the Portuguese contemporary practice.

One aspires to circumscribe a possible architectural design identity, able to envision possible paths for the architectural design teaching.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

N. Miguel Seabra, Faculdade de Arquitectura e Artes, Universidade Lusíada de Lisboa.

N. Miguel Seabra (1972), Portugal, é arquiteto pela Universidade Lusíada de Lisboa (1996) e Mestre em Teoria da Arquitetura pela Universidade Lusíada de Lisboa (2006). Desde 1998, é Assistente de ‘Arquitetura I’ na Faculdade de Arquitetura e Artes, Universidade Lusíada de Lisboa. Encontra-se a desenvolver uma investigação de Doutoramento em Arquitetura na Faculdade de Arquitetura, Universidade Técnica de Lisboa. É Investigador no CITAD, CIAUD e Bolseiro de Doutoramento da FCT.

Publicado
2013-10-31
Como Citar
SEABRA, N. Miguel. A reflexividade da ‘realidade’: itinerários para uma aprendizagem pelo projeto.. Joelho. Revista de Cultura Arquitectónica, [S.l.], n. 4, out. 2013. ISSN 1647-8681. Disponível em: <http://iduc.uc.pt/index.php/joelho/article/view/1446>. Acesso em: 23 jun. 2017.
Secção
Articles Joelho 4

Palavras-chave

Projeto, Arquitetura, Ensino
Warning: array_merge(): Argument #2 is not an array in /var/www/html/lib/pkp/classes/core/PKPApplication.inc.php on line 578